sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Seu Corpo..



sempre saudável

Sintonize-se com seu corpo

Conhecer o bom funcionamento do corpo para manter a saúde em dia é mais prático e barato que curar doenças

Neste exato instante, esteja você onde estiver, há uma casa com seu nome. Você é o único dono. Mas, vez ou outra, perde as chaves da entrada e fica do lado de fora, vendo apenas a fachada. Essa casa, que abriga suas lembranças, sentimentos e emoções, é o seu corpo. "Se as paredes falassem", você saberia de cada coisa...

Pois é, na casa que é seu corpo elas falam. "Estou lentamente digerindo a feijoada", diz o estômago. "Essa ansiedade me deixa acelerada", diz a respiração. "Preciso suar a camisa toda vez que você se expõe demais ao vento", exclama o sistema imunológico. Você pode ouvir essas vozes? Ou faz tempo que delegou sua saúde e bem-estar a médicos, psiquiatras, pais, maridos, mulheres, terapeutas, filhos?

Num mundo regido pelo corre-corre e por estímulos externos, é comum estarmos demasiadamente ocupados, sem energia, sugados pelo trabalho e confusos em desempenhar tantos papéis. Nessa toada, ficamos cegos, surdos e mudos sobre o que acontece dentro de "casa" e só prestamos atenção quando algo vai mal - quando surge uma dor estranha, uma doença.

Por fim, passamos a responsabilidade do nosso corpo aos outros. "Por favor, alguém tome conta de mim!", grita nosso organismo. Quando isso acontece, renunciamos a autonomia, abdicamos de nossa soberania individual e passamos a pertencer totalmente aos poderes e aos seres que nos recuperam. Se você vai ao médico com a queixa de uma doença mas mal consegue relatar como é seu estado normal de saúde, algo vai mal. Se ainda carrega a expectativa de que uma consulta e alguns exames laboratoriais possam dar conta do recado que é, em primeiro lugar, seu, então algo tem que mudar mesmo.

Antes que esse papo soe pesado e cansativo, aí vem a boa notícia: é possível reencontrar as chaves do nosso corpo, tomar posse dele, habitá-lo e nele incorporar a vitalidade, a saúde e a autonomia. O caminho do autocuidado pode ser prazeroso e instigante quando descobrimos possibilidades até então inéditas. E, antes que você dê ouvidos a ele por mal, que tal começar a se conhecer em seu estado sadio, íntegro e equilibrado?

TODOS OS SENTIDOS
"Para começar, faça uso dos cinco sentidos", diz Katia Rubio, psicóloga e professora da Escola de Educação Física e Esportes da USP. O espelho pode ser parceiro no diálogo com o corpo, ajudando-nos a observar se há algo de diferente, se há manchas, inchaços e anomalias. Os sinais auditivos também falam com a gente: os barulhos do estômago, o nheco-nheco do joelho e o som do coração podem dizer se algo está diferente.

Aliás, você já parou para ouvir sua respiração hoje? É através do contato com a respiração que conseguimos entrar na sintonia do corpo e sentir o que ele está falando através da percepção do ritmo corporal. "É nas pausas que conseguimos escutar o corpo, pois seu ritmo é diferente do ritmo do dia a dia. Por isso é importante se permitir quebrar a rotina para entrar em contato com o ritmo orgânico", diz a terapeuta reichiana Flávia Ferretti, de São Paulo. Conhecido como relógio interno, o intestino é o órgão mais suscetível à mudança de rotina, já que tem hora marcada para funcionar.

2 comentários:

Minha Vidênha* disse...

Adorei seu blog)
retribuindo a sua visitinha no meu)
muiiitoo bom mesmoo
bjsss

Verdadeira Diva - Carol disse...

Oieee... Td bem??? Passando pra desejar um ótimo final de semana...
Beijinhus doces...

Cantinho a Dois:
http://cantinhoadois.blogspot.com/

Os Astros Revelam:
http://osastrosrevelam.blogspot.com/